André Rubim Rangel

VERIS – CRÓNICAS Invictas e Convictas

VERIS – CRÓNICAS Invictas e Convictas

18€
Author:
Genre: Outros

A História do JornalVERIS…
Antes de realmente nascer, já começara a conceber-se em setembro/outubro de 2008 – quando o jornalista André Rubim Rangel (ARR) recebeu o desafio de fundar e dirigir um jornal de Paranhos, a partir da paróquia de S. Veríssimo (desta freguesia portuense), que se constituiria como «Editor». Após ter aceitado, nas condições negociadas com o pároco, toda a sua máquina estrutural e laboral foi sendo preparada para que, em 24/01/2009, conhecesse a luz do dia. A data escolhida não foi ao acaso: pois este é o dia/mês do patrono dos jornalistas e escritores, S. Francisco de Sales. A cerimónia festiva do lançamento oficial, com vários artistas presentes, teve lugar no auditório da Universidade Portucalense (Porto). É indubitável a grande ligação e paixão do jornal ao Porto: cidade onde nasceu, onde cresceu e onde ‘morreu’ (até ‘ressuscitar’, de certa forma, neste livro que ficará para a prosperidade).

Ora nessa fase de preconceção, a comunidade local foi convidada a sugerir um nome para o título do periódico, bem como a escolher um logótipo dos três propostos – então criados para o efeito. Quanto ao título, em que os interessados iam colocando as suas sugestões numa urna própria, o que reuniu maior consenso foi este mesmo pelo qual sempre se conheceu: «VERIS», de Veríssimo, o padroeiro local. Do latim verus-is, significa ‘verdadeiro’. Portanto, o dativo e ablativo veris é “aquele que busca/procura/ama a verdade”. Daí a razão do primeiro logótipo incidir na cor do encarnado escuro, simbolizando o ‘sangue’: visto que S. Veríssimo foi um mártir e morreu defendendo a verdade.

More info →