Sónia Sultuane

Lua de N’weti

Lua de N’weti

13€

Era uma vez N'weti, uma menina moçambicana que vivia na aldeia de Mapulanguene, na província de Gaza, há muitos anos atrás…
N'weti vivia dividida entre a atração misteriosa e mágica que sentia pela Lua e os mitos associados às noites de lua cheia que a sua mãe lhe contava.
Dizia-se que a Lua era uma feiticeira e que quando olhada diretamente, em noites de lua cheia, lançava feitiços malignos, quebrantos e maldições.
Mas que mal lhe poderia fazer a Lua se era, afinal, tão bela? Afinal que fundamento
teriam todos esses mitos? Seriam verdadeiros?
Só mais tarde N'weti irá descobrir as respostas às suas perguntas, quando já não
conseguir dispensar a companhia reconfortante e calorosa da sua amiga solitária, a
Lua... Talvez porque, dizem as lendas: «sempre que a lua nasce, nasce também algures um pequeno “princípe” ou “princesa” que iluminará o mundo com seu perfume singular» (Delmar Maia Gonçalves in Prefácio)

More info →
CELESTE, A BONECA COM OLHOS COR DE ESPERANÇA

CELESTE, A BONECA COM OLHOS COR DE ESPERANÇA

10,00€

A Teoria do Caos explica-nos que o simples bater de
asas de uma borboleta em determinado ponto do mundo pode
criar um tornado do outro lado do mundo.
É a doçura da imprevisibilidade das coisas, a beleza de pequenas
ações que se tornam em grandes acontecimentos…
Quando Joana, uma médica oftalmologista, deu a sua boneca
Celeste, dos seus tempos de meninice, ao Padre António para
que este a levasse às crianças necessitadas de África, nunca
pensou que a sua boneca de olhos verdes pudesse vir a ser a
melhor amiga de uma menina que, afinal, não conseguia ver
com os olhos da cara, mas via com os olhos do coração.
E, tal como a avó desejara, Joana tornara-se numa adulta com
poesia de esperança.
“Na verdade, da sua avó, Joana aprendeu que nos ventos do
sul a fraternidade não é uma palavra vã, pois é um sentimento
sempre grato e possível mesmo quando as paisagens circundantes
são tão agrestes e nebulosas.”

Delmar Maia Gonçalves

More info →